Mais um integrante de quadrilha de estelionatários é preso em Nova Iguaçu

Homem ia se encontrar com advogado

Por O Dia

Rio - Policiais da 52ª DP (Nova Iguaçu), em continuidade da Operação Barão de Mesquita, prenderam mais um integrante da quadrilha de fraudadores que agia no estado do Rio. Josué Lopes Fonseca estava sendo monitorado desde a deflagração da operação. Ele foi preso quinta-feira, no Fórum de Nova Iguaçu, onde iria se encontrar com seu advogado. Com a prisão de Josué sobe para 17 o total de presos na investigação. 

Na delegacia ele disse que compra tickets alimentação e refeição, pagando 85% do valor do benefício. Em seu escritório, no Centro do Rio, foram encontrados centenas de cartões alimentações, vários cartões de créditos, uma máquina de operação de cartões, cadernos de anotação e vários objetos relativos ao negócio.

Josué possui em seu nome cinco empresas, sendo quatro no ramo de alimentação. Estas empresas não possuem espaço físico, sendo utilizadas para a lavagem do dinheiro oriundo da compra dos tickets. O criminoso será encaminhado ao Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, onde ficará à disposição da Justiça.

Últimas de Rio De Janeiro