Manifestantes são vaiados durante desfile cívico-militar no Centro

Público que assistia à parada não gostou nada quando grupo passou exibindo faixas com mensagens de protesto

Por O Dia

Rio - Os quase cinco mil espectadores que assistiam, na manhã deste domingo, ao desfile cívico-militar em homenagem ao Dia da Independência da República não gostaram nada quando um grupo de manifestantes passou em área próxima à arquibancada com faixas exibindo mensagens de protesto.

A multidão proferiu sonoras vaias para os cerca de 20 manifestantes, que estendiam faixas com mensagens contra o Estado racista, por exemplo. A Tropa de Choque da Polícia Militar acompanha o grupo e, até às 10h20 desta manhã, o protesto seguia pacífico. 

GALERIA: Multidão vai ao Centro assistir desfile de 7 de Setembro

Sete de Setembro

Cerca de 3 mil militares, 500 civis e 500 estudantes participam de desfile em homenagem ao Dia da Independência da Repúblicanesta manhã, na Avenida Presidente Vargas, segundo informações do Comando Militar do Leste. Para a realização da parada, ruas e avenidas foram interditadas e a CET-Rio colaborou organizando um esquema especial de trânsito na região central da cidade. 

Ruas do Centro são interditadas para realização de desfileLevy Ribeiro / Agência O Dia

O evento contará com representações da Marinha do Brasil, do Exército Brasileiro, da Força Aérea Brasileira, da Polícia Militar, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Rodoviária Federal, Guarda Municipal, de ex-combatentes da Força Expedicionária Brasileira (FEB), escolas militares e entidades civis. Além disso, serão exibidos carros de combate, viaturas militares, motocicletas e tropas a cavalo que prometem chamar a atenção dos espectadores. 

Veículos militares prometem atrair a atenção do público neste Sete de SetembroLevy Ribeiro / Agência O Dia

A 3º sargento técnico temporário do Exército Bárbara da Silva Leôncio conduzirá, este ano, o fogo simbólico da pátria e será acompanhada por uma representação de atletas. A corrida do fogo simbólico consiste em uma maratona cívica de revezamento e é coordenada pela Liga da Defesa Nacional.  

Veja quais vias estão interditadas

- Av. Pres. Vargas, pista central, sentido Norte-Centro, a partir da agulha próxima ao prédio dos Correios, até a Av. Rio Branco.
- Av. Pres. Vargas, pista lateral, sentido Norte - Centro, a partir do acesso à Rua Carmo Neto e Rua Benedito Hipólito, até a Av. Rio Branco.
- Rua Benedito Hipólito, entre a Rua Marquês de Pombal e Rua de Santana.
- Rua Irineu Marinho.
- Rua de Santana.
- Rua Moncorvo Filho, no trecho entre a Rua General Caldwell e a Praça da República.
- Praça da República, no trecho entre a Rua Frei Caneca e a Av. Presidente Vargas.
- Rua Tomé de Souza, no trecho entre a Rua Buenos Aires e Av. Pres.Vargas.
- Rua dos Andradas, no trecho entre as ruas Buenos Aires e Alfândega.
- Rua Uruguaiana, no trecho entre a Rua Buenos Aires e Av. Marechal Floriano.
- alça de acesso à Av. Presidente Vargas de quem vem da Perimetral (Porto Novo).
- Av. Pres. Antônio Carlos, pista central, entre a Av. Pres. Wilson e Rua Santa Luzia.
- Av. Marquês de Sapucaí, entre a Rua Benedito Hipólito.
- Av. Pres. Vargas deixando livre os cruzamentos.
- Av. Pres. Antônio Carlos, pista central, entre Rua Santa Luzia e Rua Araújo Porto Alegre, deixando livre os cruzamentos;
- Praça Pio X (Candelária).
- Av. Almirante Barroso.
- Av. Rio Branco, no trecho entre a Av. Presidente Vargas e a Rua Araújo Porto Alegre.
- Av. Pres. Vargas, todas as pistas, em ambos os sentidos;
- Praça Barão de Ladário, entre as ruas Visconde de Itaboraí e Primeiro de Março, (lado oposto ao 1º distrito naval).
- Rua Uruguaiana, trecho entre a Av.Marechal Floriano e a Rua da Carioca.
- Av. Marechal Floriano, sentido Centro - Norte, no trecho entre as ruas Camerino e Acre.
- Av. Marechal Floriano, total, no trecho entre a rua Camerino e Praça Procópio Ferreira.
- Av. Passos, no trecho entre a Av.Marechal Floriano e Buenos Aires.
- Rua Visconde da Gávea, no trecho entre a Rua Senador Pompeu e a Av. Marechal Floriano.
- Rua Marcílio Dias e Praça Cristiano Otoni.
- Rua Debret, trecho entre a Rua Araújo Porto Alegre e a Avenida Nilo Peçanha.
- Av. Gustavo Barroso, entre a Rua Frederico Silva e a Av. Pres. Vargas.
- Rua Buenos Aires, no trecho entre a Rua Primeiro de Março e Av. Rio Branco.
- Av. Graça Aranha, no trecho entre a Av. Nilo Peçanha e a Rua Araújo Porto Alegre.

A CET-Rio inverteu o sentido da Av. Rio Branco no trecho entre Av. Presidente Vargas e Rua Visconde de Inhaúma, e da Av. Presidente Vargas (pista lateral sentido Centro-Norte) - Candelária, trecho entre Rua Primeiro de Março e Av. Rio Branco, com o objetivo de minimizar o reflexo das interdições.

A Rua Primeiro de Março funciona em mão dupla neste domingo, no trecho entre Av. Presidente Vargas e Av. Almirante Barroso. Os itinerários das linhas de ônibus foram alterados seguindo os desvios estabelecidos pela CET-Rio.



Últimas de Rio De Janeiro