Por tiago.frederico

Rio - Uma tentativa de invasão ao Morro do Fubá, em Cascadura, na Zona Norte da cidade, ocasionou um intenso tiroteio durante a madrugada deste domingo. Cerca de 30 bandidos vestidos de preto invadiram uma quadra ao lado de uma escola municipal, onde acontecia um baile funk, e entraram na comunidade.

Segundo relatos de moradores enviados pelo Whatsapp do O DIA (98762-8248), eles chegaram a jogar uma granada no local e destruíram uma creche. A troca de tiros parou apenas no início da manhã.

Um homem acabou morrendo, segundo informações do 9º BPM (Rocha Miranda), e outras pessoas ficaram feridas e foram encaminhadas para o Hospital Municipal Salgado Filho, no Méier. A identificação do morto ainda é desconhecida. Também não se sabe o estado de saúde e o número de feridos levados ao hospital.

Por volta de 3h40, um grupo armado de aproximadamente 30 pessoas, todos vestidos de preto, entrou na Escola Municipal Ruy Carneiro da Cunha, na Rua Ituna, em Cascadura. Além da granada, eles teriam lançado também spray de pimenta nos frequentadores do baile. Muitos deles se jogaram no chão e buscaram abrigo nos banheiros da escola. A Creche municipal Gercinda Rosa Fonseca, que fica na Rua São Fernando, teria sido destruída pelos bandidos.

As suspeitas são de que a invasão tenha sido promovida por traficantes do Morro do 18 ou da Praça Seca. Atualmente o Fubá é controlado por milicianos. Há relatos de que um miliciano conhecido como Fabrício Palhacinho teria morrido durante o tiroteio.

De acordo com a Polícia Militar, o policiamento está reforçado na região, neste domingo, e a Divisão de Homicídios investiga o caso.

Você pode gostar