Por thiago.antunes

Rio - Inaugurada nesta segunda-feira, a Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) realizou, nesta quarta-feira, o reencontro de um idoso de 63 anos, desaparecido há mais de um ano, com seus amigos e familiares. O desaparecimento foi registado na 37ª DP (Ilha do Governador), pois a vítima, apesar de residir em Nilópolis, sumiu após fazer uma visita a uma amiga internada no Hospital da Força Aérea do Galeão, na Ilha do Governador.

Há dois dias, o desaparecido deu entrada no Hospital Municipal de Japeri após ser socorrido ao ter passado mal em via pública. Em seguida, após o contato da equipe de assistência social do hospital, a DDPA pode devolver o idoso ao seu lar e ao convívio de sua família.

Durante mais de um ano, o homem, que sofre de grave perda de memória, ficou sem manter nenhum tipo de contato com seus familiares e amigos. Apesar de estar muito debilitado e de não informar detalhes precisos sobre o período em que ficou longe de sua casa, ele afirma que morou na rua e que passou por muitas dificuldades.

Você pode gostar