Coronel reformado do Exército é preso pela PF com 350 quilos de maconha

Militar estava em companhia da mulher e foi autuado por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo

Por O Dia

Coronel reformado do Exército%2C Ricardo Couto Luiz foi preso pela PF com 351 quilos de maconhaDivulgação

Rio - Um coronel reformado do Exército e a mulher dele foram presos pela Polícia Federal com 351 quilos de maconha. Ricardo Couto Luiz, 56 anos, e Marinete Ribeiro Alves Mendes, 49 anos, estavam passando próximo ao pedágio da Rodovia Rio – Petrópolis (BR-040), na altura de Xerém, Duque de Caxias, quando foram abordados pelos policiais, na sexta-feira, às 23h30.

A droga teria sido trazida do Paraguai, e a suspeita é de que ela seria distribuída para traficantes de favelas do Rio e também de Niterói.

De acordo com a Polícia Federal, a maconha estava escondida em um fundo falso, dentro do veículo do casal, um furgão. A droga estava embrulhada em vários pequenos pacotes. O oficial da reserva e a mulher dele vão responder por tráfico de drogas. A pena por este crime varia de cinco a 15 anos de prisão.

O militar contou aos policiais que mora na Barra da Tijuca. Já sua mulher afirmou que reside em Jacarepaguá. O casal não resistiu à prisão. Uma das estratégias usadas pelo coronel, para intimidar possíveis abordagens policiais em blitze, era deixar pendurada num cabide, na parte de trás do veículo, a camisa do uniforme de passeio do Exército.
Com o oficial, além da droga, foi encontrado também uma pistola calibre 380, sem registro. Por isso, ele foi autuado ainda por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito. Ricardo é coronel intendente e foi promovido por antiguidade em dezembro de 1993.

A operação da Polícia Federal contou com o auxílio de um cão farejador. O coronel foi levado para o Comando Militar do Leste (CML). O órgão militar, por nota, informou que o coronel reformado será encaminhado para uma unidade prisional subordinada ao CML, onde permanecerá à disposição da Justiça comum. Já a mulher do oficial foi encaminhada para o Presídio Nelson Hungria, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bang.

Mais de 350 quilos de maconha foram apreendidos em veículo de coronel reformado do exército Ricardo Couto Luiz, de 56 anos Reprodução Twitter %40PFnoRJ


Últimas de Rio De Janeiro