Madrugada na Lapa é marcada por onda de assaltos e violência

Em um dos casos, criminoso tentou enforcar uma das vítimas

Por O Dia

Rio - A madrugada de sábado na Lapa foi marcada por onda de violência. Agentes da Lapa Presente tiveram trabalho pelas ruas da região. Equipes distintas prenderam quatro pessoas em duas ocorrências de roubo. Dois casos de tráfico de drogas também foram registrados na 5ª DP (Mem de Sá).

O primeiro caso de assalto aconteceu na Rua das Marrecas, por volta das 3h30. Grupo de cinco amigos estavam num ponto de ônibus quando foram rendidos por um homem armado de uma faca de cozinha. Ele fugiu do local com dois celulares e duas câmeras digitais. Agentes da Lapa Presente foram acionados e localizaram o rapaz.

Agentes da Lapa Presente localizaram assaltante que roubou grupo de amigos armado com faca de cozinha Osvaldo Praddo / Agência O Dia

“Ele colocou a faca no meu pescoço. Se não entregasse o celular poderia estar ferida agora. Levei um susto”, disse a recepcionista de restaurante Ana Carolina Bezerra do Nascimento, de 19 anos.

Já por volta das 4h, próximo da escadaria do Selarón, grupo de três amigos foram rendidos por cinco jovens. Um deles estava armado de canivete e tentou enforcar uma das vítimas, que reagiu ao assalto. Um celular foi levado.

“Gritamos pega ladrão e todos correram, mas foram pegos pelos agentes. A Lapa está se tornando um local muito perigoso”, contou a atendente de restaurante Juliana Cristina Oliveira, 26.

Na delegacia, ela reconheceu pelo menos um dos assaltantes. Os outros dois ainda não tinham sido reconhecidos.

Todos os quatro presos não foram identificados.

Últimas de Rio De Janeiro