Procon multa 12 filiais de loja de departamento

Em todas as unidades, a ausência de preços nos produtos que vestem os manequins foi a mesma irregularidade encontrada

Por O Dia

Rio - Em uma nova operação de fiscalização de lojas de departamento, denominada Prêt-à-porter e realizada nesta sexta-feira, o Procon Estadual autuou 12 filiais da Renner no Rio e em Duque de Caxias. De acordo com o órgão, os fiscais encontraram diversas irregularidades nas lojas, que ficavam em shoppings, com exceção de uma: a filial da Rua Sete de Setembro, no Centro do Rio.

A ausência de preços nos produtos que vestem os manequins foi a irregularidade encontrada em todas as lojas vistoriadas. Seis filiais foram autuadas ainda por expor com destaque em cartazes o valor da parcela dos produtos na compra a prazo em detrimento do preço à vista, uma prática que induz o consumidor a erro e que é proibida por lei.

Fiscais do Procon autuaram 12 lojas de departamentos no Rio e em Duque de CaxiasDivulgação

Em quatro lojas os fiscais não encontram o cartaz informativo do Disque 151 para denúncias ao Procon Estadual, que, segundo o órgão, deveria estar afixado no estabelecimento, como determina a lei. Além disso, duas das 12 lojas autuadas vendiam roupas em oferta cujos preços no caixa eram divergentes aos da etiqueta dos produtos.

Balanço da Operação:

1 - Rua Sete de Setembro, Centro: Ausência de preços nos produtos que vestem os manequins no interior da loja.

2 - Shopping Leblon: Ausência de preços nos produtos que vestem os manequins na loja.

3 - Via Parque Shopping: Ausência de preços nos produtos que vestem os manequins e do interior da loja. Ausência do cartaz do Disque 151. Divergência de preço entre arara e caixa.

4 - Ilha Plaza Shopping: Ausência de preços nos produtos no interior da loja. Ausência do cartaz do Disque 151. Produtos expostos com preço da parcela na compra a prazo em fonte superior ao tamanho do preço à vista.

5 – Shopping Rio Sul: Ausência de preços nos produtos que vestem os manequins e na perfumaria.

6 - Shopping Metropolitano: Ausência de preços nos produtos no interior da loja. Ausência do cartaz do Disque 151. Ausência do Código de Defesa do Consumidor (CDC). Produtos expostos com preço da parcela na compra a prazo em fonte superior ao tamanho do preço à vista.

7 –Boulevard Rio Shopping: Ausência de preços nos produtos no interior da loja. Balcão informando que havia produto com preço "a partir de" e não havia o produto com o preço mínimo informado.

8 - Shopping Tijuca: Ausência de preços nos produtos no interior da loja.

9 - Caxias Shopping: Ausência de preços em produtos e nas peças que vestem os manequins do interior da loja. Produtos expostos com preço da parcela na compra a prazo em fonte superior ao tamanho do preço à vista.

10 - Park Shopping, Campo Grande: Ausência de preços em produtos e nas peças que vestem os manequins do interior da loja. Produtos expostos com preço da parcela na compra a prazo em fonte superior ao tamanho do preço à vista. Ausência do cartaz do Disque 151.

11 - West Shopping, Campo Grande: Ausência de preços em produtos e nas peças que vestem os manequins no interior da loja. Produtos expostos com preço da parcela na compra a prazo em fonte superior ao tamanho do preço à vista. Divergência de preço entre arara e caixa.

12 - Madureira Shopping: Ausência de preços nas em produtos e nas peças que vestem os manequins do interior da loja. Produtos expostos com preço da parcela na compra a prazo em fonte superior ao tamanho do preço à vista.

Últimas de Rio De Janeiro