Por nicolas.satriano

Rio - Uma mulher morreu vítima de bala perdida na noite desta sexta-feira, por volta de 20h30, na Rua Cândido Figueiredo, no bairro do Tanque, Zona Oeste do Rio, após criminosos trocarem tiros com um policial militar. 

Segundo informações, a promotora de vendas Ana Marbéla Correia Ribeiro, de 41 anos, foi atingida na cabeça. Ela estava no banco de carona em um carro com a irmã, que ainda dirigiu até a um posto de gasolina, onde bombeiros tentaram socorrê-la. A vítima não resistiu e morreu antes de ser atendida. Ana tinha três filhos.

De acordo com policiais do 18º BPM (Jacarepaguá), dois bandidos numa motocicleta tentaram assaltar um PM que estava à paisana. Ele reagiu e, após a intensa troca de tiros, os criminosos conseguiram fugir.

"Senti a bala passando por trás do meu pescoço. Me abaixei e quando olhei para o lado, só vi minha irmã baleada. Ela cuidava sozinha dos filhos. Não sei como vai ser daqui para frente", disse emocionada Luciana Correia Ribeiro, irmã da vítima.

O carro, um Corsa branco, onde estavam as irmãs, teve duas perfurações no vidro lateral traseiro. Segundo Verônica Lima Freitas, 39, amiga de Ana, a promotora de vendas também ajudava a mãe, que teria um câncer no estômago.

A Divisão de Homicídios (DH/Capital) informou que a morte de Ana está sendo investigada. A perícia foi realizada no local a arma do policial militar apreendida e encaminhada para confronto balístico. O agente foi ouvido na unidade e testemunhas serão chamadas para prestar depoimento. 

Você pode gostar