Por bianca.lobianco

Rio - Difícil resistir a um olhar pidão do nosso bichinho de estimação quando estamos comendo. Com uma carinha de cortar o coração, eles acabam ganhando um petisco, um ossinho ou um pedacinho de comida por baixo da mesa. O que para nós não representa nenhum mal, para cães e gatos, a comida caseira é uma perigo à sua saúde. É o caso de alimentos aparentemente inofensivos como leite, ossinhos, chocolate e salgadinhos. Todos eles são tóxicos, mesmo em pequenas quantidades.

Segundo o veterinário Gabriel Dias, do Centro De Atendimento e Terapia Para Gatos Domésticos, não se deve dar a eles chocolate, cebola ou papinhas que tem a cebola como conservantes, abacate e leite. “Na dúvida, só dê a seu gato ração comercial ou comida não industrializada feita com orientação veterinária”, aconselha.

O leite do gatinho e o biscoito do cãozinho%3A alimentos considerados inadequados pelos veterináriosDivulgação


Cães e gatos não conseguem digerir bem a lactose do leite e tendem a sofrer diarreias. O que muitos não sabem é que o chocolate é veneno para cães. Ele contém substância chamada teobromina (presente no cacau), que estimula o sistema nervoso central e o coração, o que provoca arritmias cardíacas graves em cães.

Basta um pedacinho para lhe fazer muito mal. Os efeitos tóxicos variam de acordo com a quantidade ingerida, o tipo de chocolate e o porte do animal. Mesmo uma pequena dose de 25g de chocolate pode envenenar um cão de 20 quilos. Os amargos são os mais nocivos que os brancos. Se o seu melhor amigo comer uma dose da guloseima, inclusive em pó misturada ao leite, poderá vomitar e até sofrer ataque cardíaco e hemorragias.
A cafeína presente em alguns alimentos, como café, refrigerantes e bebidas energéticas também são ruins.

A médica veterinária Cíntia Fuscaldi, da Royal Canin, explica que alimentos completos e balanceados são sempre a melhor opção para os pets. “Nem tudo o que é bom para as pessoas é bom para os animais. Oferecer restos de comida achando que fazem o melhor pelos seus cães é um dos fatores que mais reduzem a expectativa de vida dos animais”, alerta.

EVITE DAR:

LEITE
O principal alimento dos filhotes não é bem digerido por cães e gatos adultos. Isto porque, após o desmame, eles não absorvem de maneira correta a lactose, o que, geralmente, causa diarreias e outros problemas digestivos.

OSSOS
Os cães podem sofrer perfurações no estômago ou intestino por causa de pedaços pontiagudos dos ossos. O alimento também é um risco de asfixia para o animal, caso fique preso na faringe. Uma dieta rica em ossos poderá levar a prisão de ventre.

SALGADOS
Tenha cuidado com o excesso de sal na comida caseira que é oferecida ao animal. O consumo em abundância pode provocar vômitos, diarreia e convulsões.



Você pode gostar