Procon encontra irregularidades em lojas que vão participar da Black Friday

Fiscais ainda irão comparar os preços para verificar se haverá falsas promoções

Por O Dia

Rio - Fiscais do Procon autuaram e multaram sete de 13 filiais de várias redes de lojas que irão participar da versão brasileira da Black Friday – o evento de vendas com preços promocionais que ocorre sempre na última sexta-feira de novembro. Os fiscais estiveram em shoppings e lojas do Centro do Rio. Das lojas vistoriadas, sete apresentaram irregularidades, foram autuadas e serão multadas.

Em cinco dos sete estabelecimentos autuados, os fiscais encontraram produtos expostos com cartazes e etiquetas indiciando o preço da parcela na compra a prazo com maior destaque que o preço à vista. Não havia preços em vários produtos à venda em duas das lojas autuadas.

Procon autuou lojas que fizeram promoções para a Black FridayDivulgação

Além da fiscalização, a Operação Crusoé teve o objetivo de verificar os preços dos produtos nas lojas vistoriadas para compará-los no dia da Black Friday e constatar se vai ocorrer ou não promoções reais. Os estabelecimentos que manipularem os valores dos produtos, forjando falsas promoções, serão autuados e multados.

As lojas que não apresentaram irregularidades na fiscalização desta sexta-feira foram as seguintes: Ponto Frio, do Shopping Tijuca; Fnac, do Barra Shopping; Casas Bahia, na Rua Uruguaiana, 5 (Centro); Carrefour, na Avenida das Américas, 5150 (Barra da Tijuca); Extra, na Avenida das Américas, 1510 (Barra da Tijuca); e Walmart na Rua Projetada, 345 (Cachambi).

Últimas de Rio De Janeiro