Juiz que cuida do processo de corrupção na Petrobras é derrotado na Justiça

Sérgio Moro, há dois anos, comprou briga com a Universidade Federal do Parará, onde é professor

Por O Dia

Rio - Juiz que cuida do processo de corrupção da Petrobras, Sérgio Moro, há dois anos, comprou briga com a Universidade Federal do Parará, onde é professor. Chamado para atuar por um outro semestre como juiz instrutor no Supremo Tribunal Federal, ele queria dar suas três aulas semanais às sextas, único dia da semana que passaria em Curitiba. Por conta de normas internas, a UFPR negou o pedido. Apesar de ter contrato para trabalhar na universidade por 20 horas semanais, Moro foi à Justiça: derrotado em duas instâncias, desistiu da ação.

Últimas de Rio De Janeiro