Por thiago.antunes

Rio - A Vigilância Sanitária municipal não autorizou a reabertura do supermercado Mundial da Tijuca, nesta quinta-feira. O estabelecimento, que fica na Rua Conde de Bonfim, 5 e 7, foi interditado no final da tarde desta quarta-feira após denúncias feitas pela central de atendimento da Prefeitura.

As ligações recebidas pelo 1746 apontavam mau cheiro por todo o supermercado. Técnicos da vigilância foram ao local e presenciaram água de esgoto correndo abertamente por várias seções, onde também foram encontrados alimentos impróprios para consumo sendo vendidos.

O Mundial solicitou uma nova visita nesta quinta, mas os técnicos do órgão municipal foram ao local e ainda presenciaram problemas relatados na visita anterior, o que o manteve fechado, até que as exigências sejam cumpridas.

Por meio de nota, o Mundial afirmou que "segue rigorosamente todas as exigências estabelecidas pelos órgãos regulamentares e que todos os pontos levantados pelo órgão já estão sendo corrigidos". A rede disse ainda que já acionou a empresa terceirizada responsável pela manutenção da unidade para, em conjunto, tomar as providências necessárias.

Órgão constata problemas no Extra

Já no supermercado Extra, que fica na Rua Siqueira Campos, 143/Lojas 40 e 48, em Copacabana, as denúncias apontavam condições de limpeza inadequadas, o que foi constatado pela visita das equipes da Vigilância Sanitária, que apontaram a necessidade de uma limpeza geral em vários setores, conserto da infiltração no teto e o fim de mofos e vazamentos. Com isso, foi emitida uma notificação com a interdição total do estabelecimento.

A reabertura dos dois locais está condicionada ao cumprimento do exigido nos autos de infração.

Você pode gostar