Mais de 50 mil comerciantes do estado estão prestes a encerrar suas atividades

Isso porque, nos últimos dois anos, eles deixaram de entregar declarações obrigatórias à Secretaria de Fazenda

Por O Dia

Rio - Pouco mais de 50 mil comerciantes do estado — varejistas e atacadistas — correm o risco de perder o direito de emitir notas fiscais. Ou seja, estão prestes a ter que encerrar suas atividades. Isso porque, nos últimos dois anos, eles deixaram de entregar declarações obrigatórias à Secretaria de Fazenda: os documentos servem de base para o cálculo de impostos.

Quem não quiser encerrar suas atividades de maneira compulsória tem que regularizar sua situação até o próximo dia 21.

Miss Simpatia

Deputados e senadores petistas que participaram de encontro com Dilma Rousseff ficaram surpresos com a simpatia da presidenta. Na recepção, no Palácio da Alvorada, ela circulou entre os grupos e conversou bastante. Para eles, o comportamento de Dilma é sinal de que ela, agora, dará mais atenção aos políticos, desprezados em seu primeiro mandato.

Agora vai

Suplente de vereador, Bruno Ramos, subprefeito da Zona Sul e ligado ao deputado Pedro Paulo, deverá, enfim, assumir uma cadeira na Câmara. A vaga surgirá com a ida de Luiz Guaraná para o Tribunal de Contas do Município e a convocação de outro vereador para o secretariado de Eduardo Paes.

Galinheiro de Freixo

Rubro-negro, o deputado Marcelo Freixo diz que, na quinta, seu WhatsApp parecia um galinheiro. Isso, por conta das imagens de galos e galinhas enviadas por amigos que não perderam a chance de exaltar a vitória do Atlético Mineiro.

Tarifaço

O aumento de 5,6% no biodiesel vai bater na tarifa dos ônibus, que será reajustada em janeiro. Combustível representa 30% dos custos das empresas.

Últimas de Rio De Janeiro