Bandidos são baleados após roubarem caminhão de carga

PMs encontraram os criminosos na comunidade do Guaxa, em Belford Roxo, quando retiravam os produtos roubados

Por O Dia

Rio - Três homens foram mortos na manhã desta quarta-feira por policiais do 39º BPM (Belford Roxo) quando retiravam uma carga de salsichas de um caminhão roubado na Favela da Guaxa, em Belford Roxo. Outros sete bandidos fugiram após confronto.

O grupo faria parte de uma quadrilha de roubos de carga que atua na Baixada Fluminense e na Pavuna e havia feito reféns dois empregados de uma empresa de produtos alimentícios. As vítimas foram levadas para a favela e obrigadas a esvaziar o caminhão.

Segundo os funcionários, a carga começou a ser levada para a favela em carrinhos de mão e carroças, quando os policiais chegaram e houve troca de tiros. Os três bandidos feridos ainda foram levados para o Hospital do Joca, mas não resistiram aos ferimentos.

O caminhão fora atacado na Avenida Automóvel Clube por homens armados em motocicletas. Como O DIA mostrou no domingo, comerciantes com lojas em favelas são obrigados a comprar produtos roubados. Na ação desta quarta, a quadrilha usou o aparelho jamer, comprado pela internet e que impede a transmissão de sinais de GPS. Mas a empresa já havia rastreado a mudança de rota do caminhão e avisado à polícia.

Segundo informações do 39º BPM, há suspeita que o traficante Johnny Luís da Silva, o Bebezão, resgatado de um hospital em Niterói na semana passada, esteja por trás do assalto. Ele é apontado como o principal articulador dos roubos de carga no Estado do Rio.

Bebezão havia sido baleado em confronto com a PM durante tentativa de roubo de três carretas com cigarros, na manhã de 16 de outubro, na Pavuna. Vinte homens, do Complexo da Pedreira, participaram do assalto. Dois foram mortos. O roubo de cargas subiu 70% em setembro em comparação com o mesmo mês de 2013, segundo dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

Últimas de Rio De Janeiro