Miliciano Batman será julgado nesta terça-feira por homicídio

Ex-PM já foi condenado por morte de segurança. Ele é acusado de chefiar a 'Liga da Justiça', que age na Zona Oeste

Por O Dia

Rio - O ex-policial militar Ricardo Teixeira da Cruz, o Batman, acusado de chefiar uma milícia em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, será julgado nesta terça-feira, às 13h, no IV Tribunal do Juri. Ele foi denunciado pelo Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) por homicídio qualificado ocorrido em abril de 2007.

Batman foi condenado a 30 anos de prisão por morte de segurançaEduardo Naddar / Agência O Dia

O promotor Marcelo Muniz Neves, titular da Primeira Promotoria de Justiça junto ao IV Júri, é o responsável pela denúncia. Ele explica que Batman e Luciano Guinâncio Guimarães foram denunciados pelo assassinato de Ilton do Nascimento, em Santa Cruz. Os dois armaram uma eboscada em retaliação pela vítima ter se negado a ceder uma linha de transporte alternativo que administrava.

Batman foi condenado a 30 anos de prisão, em novembro de 2013, por ser o mandante da execução de um segurança, em março de 2009. O miliciano ainda foi condenado a 12 anos de prisão em regime fechado por formação de quadrilha. Ele fugiu de Bangu 8, em outubro de 2008, e foi recapturado em maio de 2009.

Últimas de Rio De Janeiro