Pedestre morre e PMs ficam feridos em tentativa de assalto na Francisco Bicalho

Bandidos abordaram policial do Choque e houve tiroteio. Ele foi baleado na barriga, enquanto outro PM foi atingido na cabeça

Por O Dia

Rio - Um pedestre morreu atingido na cabeça e dois policiais militares ficaram feridos após uma troca de tiros em plena Avenida Francisco Bicalho, próximo da estação da Leopoldina, na manhã desta quarta-feira. O caso aconteceu por volta das 7h30, quando quatro criminosos em duas motocicletas teriam abordado um policial do Batalhão de Choque. Ele reagiu e houve troca de tiros.

Ação de bandidos na manhã desta quarta-feira%2C na Av. Francisco Bicalho%2C acabou com um pedestre morto e dois PMs feridosSeverino Silva / Agência O Dia

Elivaldo Angelino Ribeiro, de 44 anos, morreu na hora. Divaldo Rodrigues de Oliveira, lotado no Batalhão de Choque, reagiu a ação dos criminosos na descida da Linha Vermelha para a Avenida Francisco Bicalho, na altura do Instituto Médico Legal (IML), quando se iniciou uma intensa troca de tiros e ele foi ferido no abdômen. Pelo menos 20 tiros foram disparados.

O policial Paulo Araújo da Silva, do 9º BPM (Rocha Miranda), passava pelo local com um Celta e também atirou contra os bandidos. Ele foi atingido na cabeça. Os PMs foram levados para o Hospital Central da Polícia Militar, no Estácio. O estado de saúde dos dois é estável

Elivaldo Angelino Ribeiro%2C 44 anos%2C morreu na hora ao ser atingido por uma bala na Avenida Francisco Bicalhoarquivo pessoal

Um Gol que também passava pela via com três pessoas foi atingido pelos tiros. "A gente escutou os tiros e se abaixou. Não deu para ver exatamente o que aconteceu, mas ninguém espera que aconteça uma coisa dessas num horário e lugar tão movimentado, está difícil demais", desabafou o motorista, que preferiu não se identificar.

O local foi isolado para a realização da perícia por volta das 9h15 e uma faixa da pista lateral da Francisco Bicalho, na altura do Instituto Médico Legal, sentido Cidade Nova, está interditada. O trânsito está caótico na região.

Veículo foi atingido por disparoSeverino Silva / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro