Aumento de roubos em Copacabana assusta moradores do bairro, na Z. Sul

Lojistas pensam em contratar seguranças particulares. Ocorrências no comércio cresceram 26%, comparado a 2013

Por O Dia

Rio - Comerciantes de Copacabana estão se mobilizando para contratar seguranças particulares. Em um novo caso de assalto, no início da madrugada desta quarta-feira, a dona de um bistrô na Avenida Nossa Senhora de Copacabana foi assaltada por três homens armados. Os clientes do estabelecimento perderam dinheiro, jóias e celulares.

“Felizmente, não aconteceu algo mais grave, mas a situação próxima à Praça do Lido e ruas próximas é alarmante, com assaltados durante todo o dia. Só nos cabe providenciar segurança privada”, desabafou a comerciante que, com medo, pediu anonimato.

Os números do Instituto de Segurança Pública (ISP) registram — entre maio e outubro, últimos seis meses computados, comparados com 2013 — aumentos de 26% de roubos em comércio, 57% de roubos em residência e 38% de roubos a transeuntes. Os roubos de veículos subiram de três para 11 registros no período em Copacabana.

Presidente da Associação de Moradores e Amigos de Copacabana (AmaCopa), Myriam de Pinho Barbosa lamenta. “Estamos na porta de entrada do Rio de Janeiro. Todo visitante estrangeiro quer conhecer o bairro e estamos abandonados, com muitos assaltos, falta de policiamento e muitos pivetes nas ruas, sem falar nos usuários de crack”.

A comerciante assaltada ontem, que abriu o estabelecimento há três meses, depois de voltar da Itália, onde morou por 20 anos, acredita que a população deve ser mais atuante em situações como essas. “Vou pessoalmente levar as imagens de câmeras à delegacia e vou conversar com o (Hotel) Copacabana Palace, pois muitos hóspedes deles vêm aqui e acabam sujeitos a episódios como este”, lamentou.

A PM informou, em nota, que o bairro de Copacabana recebeu em 2014 mais 100 homens. Na praia, seis cabines dão apoio ao patrulhamento rotineiro e que, em agosto, setembro e outubro, houve queda nos números de roubos.

Segundo a PM, o bairro tem o apoio do Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (BPTur) e está com reforço da Operação Verão.

Últimas de Rio De Janeiro