Maior controle no horário dos blocos

Medida, debatida entre prefeitura e presidentes, objetiva aprimorar o Carnaval de rua

Por O Dia

Rio - O próximo Carnaval deve ter mais banheiros químicos e maior controle no horário dos blocos, segundo o secretário de Turismo do Rio de Janeiro, Antonio Pedro Figueira de Mello. Ele esteve nesta segunda-feira no primeiro dia do “Desenrolando a Serpentina”, evento de debates sobre o Carnaval de rua na cidade.Os presidentes dos blocos mais tradicionais do Rio também participaram da discussão.

De acordo com o secretário, o debate é uma chance de a prefeitura pensar junto aos blocos em como fazer um Carnaval mais organizado. “Carnaval de rua é que nem feira: todo mundo adora, mas ninguém gosta na frente da casa. Cabe à gente organizar para ficar viável para todo mundo”, disse.

Nei Lopes cantou após primeiro dia de debates. Evento continua nesta terçaUanderson Fernandes / Agência O Dia

Para o presidente do bloco Simpatia é Quase Amor, Dodô Brandão, o importante é cada um cuidar de suas responsabilidades. “Quando eles tentam organizar muito, a gente desorganiza. Eles fazem a parte deles e a gente a nossa”, afirmou, em tom de brincadeira.

Após os debates, um show com marchinhas históricas do sambista Nei Lopes encerrou o dia. O evento continua hoje com mesas de discussão a partir da 14h e roda de samba às 20h. A entrada é gratuita, no Planetário da Gávea.

Últimas de Rio De Janeiro