'Recebemos denúncia de ataques todo dia', diz coordenador do serviço

Segundo Zeca Borges, Disque-Denúncia recebeu informação de que traficantes - entre eles, o 'Marreta' - iriam invadir o Alemão na noite desta segunda-feira

Por O Dia

Rio - Pouco antes dos ataques de criminosos aos PMs da UPP Nova Brasília, que ocorreram na noite desta segunda-feira, o Disque-Denúncia havia recebido a informação de que traficantes iam invadir o Complexo do Alemão, entre eles Luiz Cláudio Machado, o 'Marreta' - líder do Comando Vermelho. A denúncia, registrada às 19h30, foi repassada ao Comando de Polícia Pacificadora. Durante o tiroteio, quatro policiais foram baleados. 

"Recebemos a denúncia às 19h30 e repassamos para o Comando da área, temos parceria com eles. Só não se sabe se aquela denúncia aconteceu, a de que o 'Marreta' iria fazer um ataque na área do Alemão. Isso é algo difícil. Eu não sei se o 'Marreta estava lá", declarou o coordenador do Disque-Denúncia, José Antônio Borges Fortes, o zeca Borges.

Policiais da UPP Nova Brasília reforçam o patrulhamento na região%3B Batalhão de Choque também está no Complexo do AlemãoSeverino Silva / Agência O Dia

Segundo ele, as denúncias de ataques no Complexo do Alemão são recorrentes: "Nós recebemos várias denúncias de invasão todos os dias, mas a maioria não é verdadeira", completou. 

Segurança no Alemão é reforçado após quatro PMs serem feridos

Líder do Comando Vermelho, Luiz Claudio Machado, conhecido por 'Marreta', fugiu do Instituto Penal Vicente Piragibe, em dezembro de 2012, através de um túnel ligado à tubulação de esgoto do presídio.

Antes da prisão, ele chefiava pontos de droga no Complexo do Alemão até a ocupação pelo Exército. Em liberdade, passou a circular por favelas dominadas pelo CV. Comandou o tráfico de drogas no Complexo do Lins até a instalação da UPP na área, em novembro do ano passado. O Portal dos Procurados oferece recompensa de R$ 5 mil por indicações que possibilitem sua captura.

Blindado da PM arrasta e destrói carro durante operação

Ainda de acordo com a assessoria da UPP, os policiais da área receberam mais de uma comunicação repassada pelo Disque-Denúncia. Segundo a UPP, ainda não se sabe o número de denúncias, mas elas avisavam que "bandidos armados receberam ordens pra atacar PMs". 

Policiamento é reforçado nesta terça-feira

Por conta dos ataques, o policiamento foi reforçado na manhã desta terça-feira, no Complexo do Alemão, na Zona Norte. Os policiais da UPP receberam ainda apoio do Batalhão de Choque para fazer a segurança na região. 

Apesar do clima tenso, o comércio funciona normalmente. Porém, as ruas no entorno da base da UPP Nova Brasília estão praticamente vazias. A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Estrada do Itararé também está aberta e conta com uma viatura da UPP no pátio. Além disso, as escolas das redes municipal e estadual não paralisaram o serviço. 


Últimas de Rio De Janeiro