Palácio do Planalto joga ao lado de Otávio Leite em disputa na CBF

Vicente Cândido, o adversário, apresentou substitutivo para retirar do governo possibilidade de fiscalizar a entidade

Por O Dia

Rio - Na disputa que envolve a mudança na organização do futebol brasileiro, o Palácio do Planalto joga ao lado do deputado Otavio Leite (PSDB-RJ) e tem como adversário o deputado petista Vicente Cândido (SP).

Ligado ao presidente eleito da CBF, Marco Polo Del Nero, Cândido apresentou um substitutivo que retirou do governo a possibilidade — prevista no relatório de Leite — de fiscalizar a entidade máxima do futebol nacional, que passaria a ser obrigada a prestar contas de suas receitas e despesas.

Os projetos

A proposta de Cândido prevê também que os clubes poderiam refinanciar, por 20 anos, suas dívidas com o governo. O projeto defendido pelo deputado Hugo Leal (Pros-RJ), vice-líder do governo, dá um prazo menor (17 anos) e estabelece uma parcela inicial no valor de 10% do débito.

Segundo tempo

Diante do impasse, o projeto só deverá ir para o plenário no ano que vem.

Eleitorado

Magistrados de primeiro grau poderão votar, em 2016, para a presidência do Tribunal Regional do Trabalho. A proposta que amplia o colégio eleitoral foi aprovada ontem por desembargadores, o Tribunal Pleno do TRT

Contrata-se

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social abriu 160 vagas para o cargo de conselheiro tutelar. Os escolhidos terão quatro anos de mandato e receberão R$ 3.298 por uma jornada de 30 horas semanais.

É bomba

Especialistas em explosivos do FBI — polícia federal norte-americana — participam, na Cidade da Polícia, de intercâmbio com agentes do Esquadrão AntiBomba, da Polícia Civil.

Últimas de Rio De Janeiro