Por bianca.lobianco

Rio - Policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) reforçarão o patrulhamento em toda a Linha Vermelha até o dia 5, em função de arrastões cometidos contra motoristas, na semana passada. No total, o reforço no policiamento da via expressa contará com mais quatro viaturas e três motocicletas do próprio BPVE, além de uma patrulha do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv).

Criminosos têm aproveitado os constantes engarrafamentos diários para praticar assaltos na via expressa. Na semana passada, um dos ataques aconteceu no início da manhã de quinta-feira perto da Ponte do Saber, próximo à Ilha do Fundão. Houve outro arrastão na altura do acesso para a Ilha do Governador, na última sexta-feira.

Nas redes sociais, motoristas chegaram a relatar a ocorrência de tiros e ainda contaram que tiveram os carros atingidos por pedras e barras de ferro. Muitos contam que, assustados, abandonaram os automóveis e fugiram a pé pela via. Enquanto outros voltaram de carro na contramão.

Os recentes ataques têm mexido com os nervos dos motoristas que usam as vias expressas. Na tarde de ontem, um acidente provocou pânico na Linha Amarela, na altura do Shopping Nova América .
Segundo o Batalhão de Policiamento em Vias Expressas, motoristas se assustaram depois que um carro capotou na pista sentido Ilha do Fundão. De acordo com os policiais, os motoristas chegaram a voltar na contramão por acharem que se tratava de um arrastão.

Durante o período de festas de fim de ano, além de reforçar a Linha Vermelha, o BPRv também terá efetivo extra para o patrulhamento das principais rodovias do estado. Haverá aumento de cerca de 40% no número de policiais em operação, com 575 homens e 40 viaturas, entre motocicletas e reboques.

Você pode gostar