Quatro policiais são alvejados em 48 horas

Um policial está internado em estado grave

Por O Dia

Rio - Policiais militares voltaram a ser alvo de criminosos em diversos pontos do Rio. No total, quatro foram baleados em menos de 48h neste fim de semana. Um deles segue internado em estado grave, enquanto outros três tiveram ferimentos leves. Em 2014 já foram 114 policiais, civis e militares mortos no estado.

O caso mais grave é do soldado PM Rodrigo Costa da Silva, que estava de folga quando foi abordado, no sábado, por bandidos na Rua João da Madeira, em Santa Luzia, bairro de São Gonçalo. Ao tentar fugir com o carro, bandidos efetuaram vários disparos, que atingiram sua cabeça. Socorrido por moradores, ele foi levado para o Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo.

No domingo de manhã, o sargento Wagner Luís de Almeida, do Grupo de Apoio Tático (GAT), foi baleado em patrulhamento no Complexo do Chapadão, em Costa Barros. Atingido na perna esquerda, foi levado para o Hospital Estadual Albert Schweitzer e passa bem.

No sábado à tarde, o sargento Wellington de Souza Oliveira, do 5º BPM (Praça da Harmonia), foi baleado na perna próximo à Rua Hermenegildo de Barros, em Santa Teresa. Já na noite de sexta, o sargento Sebastião Saraiva, do 9º BPM (Rocha Miranda), foi atingido no braço ao checar acidente de trânsito próximo à comunidade Jorge Turco, em Rocha Miranda. Ambos passam bem. 

Últimas de Rio De Janeiro