Pezão define secretariado para o próximo mandato em 2015

Governador anunciou nesta segunda-feira novos nomes que assumirão as pastas do governo

Por O Dia

Rio - O secretariado do próximo mandato do governador Luiz Fernando Pezão já foi definido. Depois de anunciar diversos nomes, como o da deputada estadual Cidinha Campos (PDT), para a pasta de Defesa do Consumidor e Carlos Roberto Osório para a de Transportes, entre outros, Pezão divulgou nesta segunda-feira mais seis novos secretários. 

Pezão anuncia Paulo Melo como novo secretário de governo

Novo secretário assume pasta de Educação no Rio

Foi confirmado o nome de Leonardo Espíndola na Casa Civil. Pezão anunciou ainda que a Secretaria de Saúde será comandada por Felipe Peixoto; a de Esporte, Lazer e Juventude, por Marco Antônio Cabral; a de Cultura, Eva Doris Rosental; e a de Turismo, Nilo Sérgio.

Pezão exibe seu diploma durante cerimônia realizada em dezembro na AlerjMárcio Mercante / Agência O Dia

O governador também anunciou o nome de Hudson Braga para coordenador executivo de Infraestrutura e Integração Governamental, além de Vicente Loureiro como diretor executivo da Câmara Metropolitana. 

"Procurei dar uma oxigenada nas secretarias. Vou me dedicar a estar na ponta, nas ruas e espero que todo o secretariado tenha esta mesma disposição. Assim como quero ser o prefeito de cada cidade, também quero ser secretário de cada pasta", disse Pezão, durante o evento de entrega da nova barca e de trens chineses, no Cais do Porto do Rio.

Já neste fim de semana, foram anunciados Paulo Melo para a Secretaria de Governo; Arolde de Oliveira para a Secretaria de Trabalho e Renda; Bernardo Rossi para a pasta de Habitação e José Luiz Nanci para a de Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida. Pezão também definiu José Luiz Anchite para a Secretaria de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca; Christino Áureo para a de Agricultura e Pecuária e Antonio Neto para a de Educação.

Também estão confirmados Lucia Léa (Procuradoria Geral do Estado), coronel Sérgio Simões (Defesa Civil), coronel César Rubens de Carvalho (Administração Penitenciária), Felipe Pereira (Prevenção à Dependência Química), Gustavo Tutuca (Ciência e Tecnologia), Teresa Cosentino (Assistência Social e Direitos Humanos), José Iran Peixoto Jr (Obras), Claudia Uchôa (Planejamento), André Correa (Ambiente), Carlos Roberto Osório (Transportes), Cidinha Campos (Proteção e Defesa do Consumidor), Julio Bueno (Desenvolvimento Econômico, Energia, Indústria e Serviços), Sérgio Ruy Barbosa (Fazenda) e José Mariano Beltrame (Segurança Pública).

Últimas de Rio De Janeiro