Por bianca.lobianco
Publicado 24/12/2014 17:41 | Atualizado 24/12/2014 17:43

Rio - Comer as sobras da ceia de Natal durante dias, sem fazer nenhum preparo especial, ou desperdiçar as delícias não é a melhor opção diante das receitas que podem ser feitas com o que sobrou. Usar a criatividade e misturar os pratos tradicionais da festa com outros ingredientes é garantia de um fim de ano com muitas visitas à cozinha e menos lixo para jogar fora.

Dono de um bar no Mercadinho São José, em Laranjeiras, Bruno Magalhães prefere aproveitar as sobras usando receitas simples, depois de passar tanto tempo na cozinha durante o Natal. “Pica o tender que sobrou, pega um pouco de alho e cebola, mistura, leva à frigideira e refoga. Depois, aquece com brioche e faz um sanduíche de mostarda com mel”, simples e gostoso, ensinou.

Bruno aposta em receitas simples%3A 'Pica o tender%2C pega alho e cebola%2C mistura%2C leva à frigideira e refoga. Depois%2C aquece com brioche e faz um sanduíche de mostarda' Uanderson Fernandes / Agência O Dia

Neste Natal, a publicitária Gerlia Lima, de 59 anos, vai cozinhar para quatro crianças, além de seu irmão e cunhada. Para ela, o principal é evitar o desperdício. “Pega o que sobrou do peru, desfia ele inteiro. Depois faz um refogado com manteiga e cebola. Daí joga leite e noz-moscada e engrossa com maisena. Para finalizar, mistura ovo batido com um pouquinho de pó Royal, salsinha picada e parmesão. Mistura com o creme, forra com manteiga e farinha de rosca, leva pro pirex e põe para gratinar.”

Famosa pelas suas feijoadas, Tia Surica, da Portela, também faz muito sucesso com seus quitutes nesta época do ano. “Não sobra nada, nem tempo. Dizem que eu faço um bolinho de bacalhau gostoso. Mas eu já estou preparada, nunca faço comida para desperdiçar”, garantiu.

Segundo a nutricionista Noadia Lobão, reaproveitar faz bem à saúde. “É ótimo aproveitar os alimentos. Nas cascas e folhas, a gente encontra compostos que tem ação anti-inflamatória, substância benéfica”, disse. “É importante levar tudo imediatamente para a geladeira e ficar atento aos alimentos que estragam mais rápido”, recomendou.

Mexidão

Na onda das receitas fáceis de reaproveitamento, o chef Bruno Magalhães faz mais sugestões. “Joga um pouco de mostarda no fundo do tabuleiro que assou o tender. Ao misturar com aquele melaço, fica uma mostarda adocicada deliciosa, com gosto de tender. Como isso com sanduíche feito com algum pão que sobrou”, disse Bruno.

“Pega o resto de peru, o caldo que sobrou do assado, faz um molho e mistura com carne de purê, frutas secas, fica tipo um mexidão”, recomendou.

Orgânica

Além de usar o que sobra das ceias tradicionais de Natal, a cozinheira Regina Tchelly, de 33 anos, criadora do projeto ‘Favela Orgânica Babilônia’, inventou um jeito diferente de reaproveitar o alimento.

“Via as pessoas comendo as mesmas coisas durante toda a semana. Pensei em desenvolver pratos através do aproveitamento destes alimentos e misturas com comidas orgânicas, como a farofa de olho da banana com cenoura roxa e salada de batata com casca e talo de agrião”, ensina a cozinheira.

Você pode gostar