Dois peruanos e um argentino são presos por furto no Circo Voador

Trio furtou oito celulares durante um show. Polícia acredita que bando pode ter agido em outros locais da Lapa

Por O Dia

Rio - Três estrangeiros - dois peruanos e um argentino - foram presos em flagrante, na madrugada deste domingo, por furtarem oito celulares durante um show no Circo Voador, na Lapa. Eles foram detidos por agentes da Operação Lapa Presente, depois que vítimas denunciaram o bando para seguranças da casa, que acionaram os policiais.

Rosa Luz Huapaya Gutierres, de 35 anos, Elkin Jorge Luis Valenzuela, de 33, e o argentino Paulo German Garletti, de 32, foram levados para a 5ª DP (Mem de Sá) e serão transferidos ainda hoje para uma unidade prisional do Complexo de Gericinó.

De acordo com o delegado adjunto, Paulo Braga, o trio negou a ação durante o depoimento. A polícia investiga agora se os criminosos já agiram em outros estabelecimentos. "Eles atuaram de maneira planejada. Agora, vamos fazer um cruzamento de informações para saber se outras ocorrências do mesmo tipo já ocorreram em outros lugares, como a Fundição Progresso", adiantou o delegado.

No dia sete de julho, quatro colombianos foram presos em flagrante, cometendo o mesmo crime, também dentro do Circo Voador. Eles foram flagrados com sete telefones celulares.

Últimas de Rio De Janeiro