Após temporal no dia 31, carioca lota praias. Temperatura vai a 41ºC nesta sexta

O sábado também promete ser quente, com previsão máxima de 35 graus

Por O Dia

Rio - A chuva que caiu na tarde de quarta-feira lavou a alma do carioca no último dia de 2014, mas deixou estragos em vários pontos do Rio. Tijuca, Laranjeiras e Bangu foram os bairros mais prejudicados pelas rajadas de vento, que chegaram a 90 km/h. O temporal ainda quebrou vidraças, destruiu telhas e derrubou árvores. Mas o novo ano amanheceu com o sol brilhando e mostrando sua força: a temperatura chegou aos 40 graus, com a sensação térmica de 47° em Guaratiba, na Zona Oeste.

GALERIA: Ano começa com sensação térmica de 47º

Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a temperatura máxima prevista para esta sexta é de 41 graus, com possibilidade de chuva à noite. O sábado também promete ser quente, com previsão máxima de 35 graus, mas podem ocorrer pancadas de chuva à tarde e à noite. Já no domingo, não deve dar praia: a previsão é de tempo fechado, com chuvas durante todo o dia.

A aposentada Júlia Maria Cunha, 60 anos, aproveitou o calor do primeiro dia de 2015 e correu para curtir a praia. “O sol e o mar renovam as energias neste começo de ano. Sem contar que, com esse calor, não tem como ficar em casa”, afirmou.

Forte calor foi registrado no Rio no primeiro dia de 2015. Temperatura máxima atingiu os 39ºC%2C às 12h15%2C em Guaratiba%2C na Zona Oeste. Sensação térmica chegou a 47ºCFábio Gonçalves / Agência ODIA

Mas na véspera, a chuva espalhou problemas pela cidade. Na Tijuca, várias ruas foram interditadas por queda de árvores, deixando sinais de trânsito sem funcionar. No calçadão de Bangu, a forte ventania carregou as mercadorias dos camelôs, que precisaram se segurar para não serem levados juntos, como mostrou um vídeo que circula nas redes sociais. Pelo WhatsApp do DIA (98762-8248), leitores enviaram imagens dos estragos. “No último dia do ano, tivemos que passar por esse sufoco. Até agora estou pensando no prejuízo que tive”, lamentou um ambulante que perdeu parte dos produtos que vendia.

No fim da manhã desta quinta-feira, além da cidade de Nova Iguaçu, alguns pontos dos bairros de Vigário Geral, Jardim América, Anchieta, Cordovil e Vila da Penha estavam sem luz. Neste último bairro, a energia elétrica acabou logo após o início da ventania, que fez uma árvore cair sobre a rede elétrica.

“Precisei ir para casa de parente porque a luz não voltou. A comida que estava na geladeira estragou. Enviei mensagem para a Light e disseram que iriam resolver, mas até agora nada”, disse o morador André Seixas. A Light informou que atuou com bombeiros e a Comlurb para retirar as árvores caídas e fazer o reparo. De acordo com o sistema Alerta Rio, a Estrada Grajaú-Jacarepaguá foi a região mais afetada pela chuva, com 31 milímetros, seguido pelo Tanque (28mm) e Madureira (22mm).

Últimas de Rio De Janeiro