Recompensa de R$ 5 mil é oferecida a quem der informações sobre traficante

Disque-Denúncia divulgou foto de Zidane, traficante acusado de comandar invasão à favela onde policiais foram expulsos de suas casas em Duque de Caxias

Por O Dia

Recompensa por informações sobre traficante sobe de R%24 1 para R%24 5 milDivulgação

Rio - Subiu de R$ 1 mil para R$ 5 mil a recompensa oferecida pelo Disque-Denúncia por informações que levem até a captura do traficante Jorge Ribeiro, o Zidane. O criminoso teve foto divulgada nesta sexta-feira pelo Portal dos Procurados. Também conhecido como Bodinho, ele teria ordenado e comandado a expulsão de sete policiais da comunidade Parque Cristóvão Colombo, em Parada Angélica, Duque de Caxias.

O traficante da Favela Nova Holanda, em Bonsucesso, Zona Norte do Rio, teria comandado no último sábado, 27 de dezembro, invasão na favela da Baixada Fluminense, com pelo menos 30 traficantes, portando fuzis e granadas, onde foram expulsos de suas casas seis policiais militares e um policial civil, que precisaram sair às pressas de suas residências. Segundo a denúncia, os nomes dos policiais estavavam numa lista feita pelos traficantes de pessoas marcadas para morrer na região.

Ainda de acordo com a denúncia, a invasão ocorreu porque os criminosos queriam estender os pontos de venda de drogas de favelas vizinhas para a comunidade invadida. Eles chegaram à comunidade por volta das 19h, falando que, se houvesse policiais, eles morreriam. Moradores que eram amigos dos policiais também foram ameaçados.

LEIA MAIS: Tráfico expulsa PMs de casa em Duque de Caxias

Policiais do 15º BPM (Caxias) fizeram operação após a invasão, e houve intenso confronto, mas não conseguiram expulsar os traficantes, que se refugiaram na mata que cerca a região.

LEIA MAIS: Polícia Militar ocupa favelas de onde tráfico expulsara agentes

O Disque-Denúnia pede a quem tiver alguma informação a respeito da localização e paradeiro do criminoso, denuncie, que envie uma mensagem de texto, vídeo ou fotos para o aplicativo de mensagens do WhatsApp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650, ou entre em contato com a Central Disque-Denúncia pelo (21) 2253-1177 ou 0300-253-1177, para quem estiver fora da capital. O anonimato é garantido.

Últimas de Rio De Janeiro