Carnaval não oficial começa com desfile de blocos no Centro do Rio

Dois dias após o Réveillon, Tamborim Sensação, Bloco do Rock, Batuquebato, Frevo Prato Misterioso, Cordão do Prata Preta e Cordão do Boi Tolo se apresentaram neste sábado

Por O Dia

Camila Paz muda de roupa a cada ano que participa do Carnaval do RioJosé Pedro Monteiro / Agência O Dia

Rio - Os cariocas mal acabaram de curtir o Réveillon e já estão aquecendo os tamborins. O Carnaval não oficial foi aberto neste sábado, na Praça XV, no Centro do Rio, com a apresentação dos blocos Tamborim Sensação, Bloco do Rock, Batuquebato, Frevo Prato Misterioso, Cordão do Prata Preta e Cordão do Boi Tolo. Segundo a organização, a previsão do público era de 14 mil pessoas.

Para curtir a festa, os foliões capricharam nas fantasias. Vestida de palhaço, a designer Camila Paz, de 33 anos, contou que muda a roupa a cada bloco que participa. "Na maioria das vezes, eu as customizo. Mas essa aqui ganhei de amigo oculto na empresa onde trabalho", acrescentou Camila, que veio de Santa Catarina há dois anos.

Com uma fantasia do personagem He-Man, o designer Leo Caettano, de 32 anos, chamou a atenção de quem passava pela festa. Empolgado com os blocos, ele ressaltou que o Carnaval precisa acontecer em outros períodos do ano. "É uma festa popular. Se estamos aqui em janeiro, é sinal de que o povo está pedindo que a festa comece antes. O Carnaval é a síntese de um comunismo bem sucedido. Qualquer pessoa de qualquer classe social pode participar", destacou o designer.

O Carnaval fora de época agradou os foliões, que destacaram a segurança, a limpeza e a tranquilidade dos blocos. Além dos cariocas, a festa reuniu diversos turistas. A estudante Raíssa Soares, de 24 anos, veio de Belo Horizonte com a família para passar o Réveillon no Rio, e se empolgou com o batuque da bateria. "É a primeira vez que venho à cidade, e já pude conhecer como é o Carnaval. Tinha uma outra visão do Rio. Estou achando tudo ótimo", elogiou a estudante.

Reportagem de Gabriela Mattos.

Últimas de Rio De Janeiro