Reajuste das tarifas dos ônibus pegou cariocas de surpresa

Ministério Público quer o preço em R$ 3,20

Por O Dia

Rio - O reajuste de 13,3% nos preços das tarifas dos ônibus municipais que entrou em vigor à meia-noite deste sábado, passando de R$ 3 para R$ 3,40, pegou muita gente desprevenida, apesar de ter sido anunciado durante a semana. No Terminal Rodoviário Coronel Américo Fontenelle, próximo à Central, vários passageiros estavam indignados.

Pelas redes sociais, há rumores de que o Movimento Passe Livre (MPL) já esteja preparando protesto. O aumento das passagens, por sinal, foi o estopim para as manifestações de junho de 2013. A Prefeitura do Rio informou que o reajuste segue o contrato de concessão. Porém, o promotor do Ministério Público Rodrigo Terra afirmou que vai investigar os detalhes do reajuste na tentativa de fixar o valor da passagem em R$ 3,20.

Passagem do ônibus municipal está R%24 0%2C40 mais caraFabio Gonçalves / Agência O Dia

Para chegar ao trabalho, no Leme, Zona Sul da cidade, Eric Vinícius de Sousa, de 20 anos, morador de Duque de Caxias, pega um trem e um ônibus. Desavisado, chegou ao terminal da Central sem saber da nova tarifas. “Recebo R$ 890 por mês e gasto R$ 14 por dia com passagem. Esse aumento foi muito alto”, disse.

O morador de Jacarepaguá Luís Antônio Lopes precisou emprestar dinheiro para um amigo pagar a passagem. “Isso é abusivo. Os ônibus são precários e sem ar-condicionado mesmo com esse calor. Como pode?”, perguntava. Já um fiscal da Viação Redentor perguntou: “Cadê nosso aumento?”

Últimas de Rio De Janeiro