Por thiago.antunes

Rio - Nova Friburgo, na Região Serrana, é uma cidade de sorte. Foi de lá que saiu um dos primeiros prêmios máximos da Raspadinha do Rio. O sortudo em questão foi contemplado em dezembro e entrou 2015 não só com o pé direito, mas com meio milhão de reais na conta, nova faixa de prêmio lançada pela Loterj no primeiro semestre de 2014.

A identidade do felizardo é mantida a sete chaves. Só se sabe que o primeiro nome dele é Raphael, mora no bairro Jardinlândia e comprou o bilhete na loja Bolão da Sorte, em frente à ponte de Conselheiro Paulino, também em Friburgo. Nem precisa dizer que ele passou as festas de fim de ano em grande estilo. 

Por falar em sorte, a Loterj anunciou que bateu novo recorde no quesito premiação em 2014. Pela primeira vez, os prêmios distribuídos passaram de R$ 600 milhões, apenas no Estado do Rio de Janeiro. A premiação de R$ 500 mil surgiu a partir de uma nova faixa de preços para jogos da Raspadinha. Para concorrer à bagatela, basta pagar R$ 5 em um bilhete Super Roleta ou Super Boliche.

Segundo a Loterj, as modalidades dão um retorno de 63,93% de premiação e apresentam um prêmio nunca antes praticado neste tipo de aposta. Foi um jogo Super Boliche que deu sorte ao morador de Friburgo. A Loterj adiantou que mais investimentos serão feitos na melhoria dos jogos em 2015.

Você pode gostar