Estado pretende modificar lei que regula a formação de PPPs

Uma das prioridades é levar saneamento a São Gonçalo, Itaboraí e cidades da Baixada Fluminense

Por O Dia

Rio - O governo estadual pretende encaminhar até o próximo mês para a Assembleia Legislativa proposta que modifica a lei que regula a formação de PPPs (Parcerias Público-Privadas). Uma das prioridades é levar saneamento a São Gonçalo, Itaboraí e cidades da Baixada Fluminense.

O governador Pezão entregou a execução do programa de PPPs a Julio Bueno, secretário de Desenvolvimento Econômico. O projeto de saneamento seguirá, em linhas gerais, o das redes de esgoto na Zona Oeste.

Pagamento

No modelo adotado pela prefeitura na Zona Oeste, os investidores privados serão remunerados pela tarifa que será paga pelo uso do serviço.

Metrô e internet

O governo quer criar também PPP para fazer a ligação do metrô entre a Praça 15 e a Praça 11 e uma outra, que terá como objetivo implantar um programa de internet sem fio em todo o estado.

Petrolão e PPPs

A ligação de empreiteiras com o caso Petrobras pode ser um obstáculo ao programa de PPPs. Há quem defenda a entrada de empresas estrangeiras.Lucros líquidos De saída da Cedae, Wagner Victer implantou um plano de participação de lucros para os empregados. Os resultados deste ano servirão de base para o dinheiro extra de 2016.

Últimas de Rio De Janeiro