Estado do Rio registra primeiro caso de morte de dengue no ano

Rosivânia de Castro da Silva, de 34 anos, morreu na última segunda-feira, em Resende

Por paulo.gomes

Rio - A morte de Rosivânia de Castro da Silva, de 34 anos, foi a primeira registrada por dengue no Estado do Rio de Janeiro em 2015. Moradora do município de Resende, na Região Sul Fluminense, ela, que faleceu na última segunda-feira, trabalhava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Cidade Alegria, onde foi atendida antes de ser encaminhada para o Hospital de Emergência. Rosivânia era casada e tinha três filhos.

Por conta de diversos casos da doença, a prefeitura solicitou que os moradores que tenham planos de saúde procurem as unidades particulares devido à grande demanda de atendimento na UPA e no Hospital de Emergência. Na manhã deste sábado, a prefeitura promoveu um mutirão no combate à dengue no bairro Jardim Alegria.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia