Por tiago.frederico
Dom Orani Tempesta ao lado da estátua de São Sebastião no dia do santo padroeiro do Rio. Cardeal-arcebispo abriu corrida no Aterro com oração e benção aos atletasCarlos Moraes / Agência O Dia

Rio - "O carioca tem que correr de um lado para o outro e viver na cidade como irmãos", disse Dom Orani Tempesta na abertura da corrida de São Sebastião, nesta terça-feira. A atividade no Aterro do Flamengo, na Zona Sul, marcou o início das comemorações do dia do santo padroeiro do Rio. Antes do início da corrida, o cardeal-arcebispo ainda rezou o Pai-Nosso, abençoou os atletas e fez uma comparação do carioca com o santo.

"O carioca se parece com São Sebastião porque não desanima e acredita sempre", falou Dom Orani. Segundo ele, é muito especial dar início às celebrações do aniversário do Rio com um evento esportivo, já que no próximo ano a Cidade Maravilhosa recebe as Olimpíadas.

"O ano já começou especial com uma mensagem do Papa no Réveillon de Copacabana e ainda teremos muitos eventos especiais ao longo deste ano", lembrou o cardeal-arcebispo.

A corrida de São Sebastião não terminou com um carioca em primeiro lugar. "Mesmo como mineiro, é muito especial vencer no dia do padroeiro do Rio", disse Giovani dos Santos, de 33 anos. Campeão da etapa de 10 km, ele disse que "estava muito quente, mas com fé tudo tudo é possível". A edição também premiou um vencedor na etapa de 5 km.

Às 10h, Dom Orani celebra missa na Igreja dos Capuchinos, na Tijuca (também ocorrerão celebrações às 12h, 14h, 15h, 16h e 18h). Ao fim da missa, haverá uma carreata até a Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema. O grupo levará os restos mortais do seminarista Guido Schaffer, que está em processo de beatificação em andamento no Vaticano, até o templo, onde serão depositados.

Mineiro, Giovani dos Santos, de 33 anos, foi o vencedor da corrida de São Sebastião, no Aterro do FlamengoCarlos Moraes / Agência O Dia


Veja mais: 

GALERIA: Corrida celebra Dia de São Sebastião, padroeiro do Rio

Santo padroeiro que traduz a alma carioca há 450 anos

Adilson Pires: O Rio de São Sebastião

João Pimentel: Tira as flechas do peito do meu padroeiro

Festa de São Sebastião em Barra Mansa tem de programação religiosa a shows

Papa homenageia o Rio e faz críticas à desigualdade social na cidade

Começa beatificação do seminarista e surfista carioca Guido Schäffer


Você pode gostar