Por nicolas.satriano
Publicado 27/01/2015 20:44 | Atualizado 27/01/2015 21:07

Rio - Mais de meia tonelada de pescado apreendido por policiais militares da 7ª Unidade de Polícia Ambiental Marítima, que pertence ao Comando de Polícia Ambiental (CPAM) na Praia de da Piedade, em Magé, foram distribuídos no fim da tarde desta terça-feira a moradores da Comunidade Fé e Sereno, que integra o Complexo da Penha, na Zona Norte do Rio. A estimativa é que cerca de mil pessoas sejam beneficiadas com a distribuição de peixes. 

Recolhidos pelos policiais, as corvinas estavam menores que o tamanho permitido pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) para a pesca legal da espécie, o que consiste em crime ambiental. Na operação, um homem acabou detido e encaminhado para a 65ª DP (Magé).

Apreendidos pela manhã, os peixes foram mantidos no gelo para evitar que estragaseem, segundo o oficial responsável pela operação, Capitão Sarmento, da Unidade de Polícia Ambiental. De acordo com ele, após a apreensão, foi feito contato com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), que designou que os pescados fossem distribuídos na Comunidade Fé e Sereno. 

Peixes apreendidos serão distribuídos em comunidade da Zona Norte do Rio Divulgação / Polícia Militar


Você pode gostar