Por adriano.araujo

Rio - Policiais do Batalhão de Choque (BPChq) e de Ação com Cães (BAC) fazem uma operação na Cidade de Deus, na Zona Oeste, na manhã desta sexta-feira. A ação, com o apoio dos PMs da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) local, visa combater o tráfico de drogas na comunidade pacificada. Até o momento, três pessoas foram detidas e 15 veículos e 14 motocicletas irregulares foram apreendidos. Os policiais também encontraram pequena quantidade de droga ainda não contabilizada, uma pistola e um rádio transmissor.

Mais de cinquenta policiais participam da operação na Cidade de Deus e fogos de artifício foram escutados anunciaram a chegada deles na Cidade de Deus. Não há informações de tiroteio ou prisões na região.

LEIA: Mulher de PM assassinado comemorava nas redes sociais o recente casamento

No início da manhã de quinta-feira, um policial militar foi morto e outro ficou ferido durante troca de tiros no local. Bruno Guimarães Miguez, de 30 anos, foi assassinado na madrugada com um tiro na cabeça durante um patrulhamento no local conhecido como Apartamentos. O militar, que estava na corporação desde 2010, havia se casado há quatro meses. Ele será sepultado nesta sexta, às 16h, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap.

Soldado da UPP Bruno Miguez%2C de 28 anos%2C morreu após ser baleado durante patrulhamento na Cidade de Deus. Ele estava casado há três meses Reprodução Facebook

Um suspeito de assassinar o policial militar foi preso no fim da manhã de ontem. Yago Brasil Ferreira foi detido com uma pistola calibre 9mm e encaminhado para a Divisão de Homicídio (DH). No dia em que foi baleado, de acordo PMs que estavam no local, Bruno foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Cidade de Deus e depois transferido para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, onde não resistiu e morreu.

O outro policial foi ferido de raspão no ombro. Ele foi medicado na UPA e liberado em seguida. A ocorrência foi registrada na 32ªDP (Taquara).

Você pode gostar