Moradores relatam invasão em condomínio de Guadalupe

Residencial fica a 500 metros do edifício do Minha Casa Minha Vida que foi invadido por traficantes em novembro de 2014

Por O Dia

Rio - Moradores de um condomínio com mais de 500 casas em Guadalupe, na Zona Norte, denunciam que bandidos da Favela Gogó da Ema, no mesmo bairro, invadiram o local na noite da última quinta-feira e, desde então, vêm coagindo as pessoas que entram e saem do condomínio. O terreno fica a cerca de 500 metros do edifício do Minha Casa Minha Vida que foi invadido por traficantes em novembro do ano passado.

“Mais de 15 traficantes ocuparam a Praça Tibiriçá, que fica no final da Rua José Carlos Braga da Costa. Os moradores pedem socorro, são vários homens armados dentro da área do condomínio”, contou, assustado, um morador ao DIA.

Segundo ele, os bandidos, que agem com pistolas e fuzis, fizeram da praça ponto de venda de drogas e instalaram um clima de medo entre os moradores.

“Eles ficam intimidando os moradores. Obrigam a gente a piscar o farol para subirmos a rua de carro, abrir o vidro se for escuro, acender a luz interna. Aqui não é favela, é um loteamento de casas antigas que nunca teve isso. O nosso medo é a polícia entrar e ficarmos reféns dos caras, no meio de um fogo cruzado", falou o morador ao DIA.

No Facebook, outros moradores relatam que a região é antigo ponto de desova de carros roubados. O último veículo deixado no local teria sido um Ford Ecosport 2007 preto. Policiais do 41º BPM (Irajá) informaram que não tinham conhecimento da invasão.

Últimas de Rio De Janeiro