Por nicolas.satriano
Presa tinha vários documentosReprodução

Rio - Com sete identidades falsas, diversos cartões de crédito e dinheiro, uma jovem loura é acusada de dar golpes de R$ 15 mil no comércio da Zona Norte só nos últimos 15 dias, sem ser descoberta. Acusada de estelionato, Luciana Aparecida Soares, de 26 anos, foi presa ontem por policiais da 28ª DP (Campinho).

Com ela, os agentes encontraram joias, aparelhos eletrônicos, roupas, calçados, notas fiscais, cartões de crédito e débito, além dos documentos. No momento da abordagem, na casa da suspeita, ela chegou a se identificar como Joice Santos do Nascimento. Porém, depois de ser revistada e ter as outras identidades encontradas, confessou que esse nome também era falso.

Os policiais chegaram ao local depois de denúncias de pessoas que conheciam a acusada, de que ela estava vendendo mercadorias abaixo do preço. Na casa também foram encontradas faturas de cartões e comprovantes de residência, cujos nomes coincidiam com as identidades falsas.

Em depoimento, ela confessou que dava os golpes pagando grandes compras com os documentos fraudulentos em lojas, principalmente de shoppings da região. Depois, revendia os produtos em leilões virtuais onde negociava os produtos através de grupos criados no WhatsApp.

Você pode gostar