Por paloma.savedra

Rio - Um comerciante que abastecia a piscina de seu estabelecimento com água furtada da Cedae, foi preso nesta sexta-feira, no bairro Coelho da Rocha, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. Segundo os policiais da Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados, José Almir de Melo abastecia a piscina - que tinha capacidade para 90 mil litros - com água proveniente de ramal clandestino ligado à rede de distribuição a concessionária. 

Piscina do bar comportava 90 mil litros de água%3B recurso era captado através de ligação clandestina com rede da CedaeDivulgação

José Almir de Melo é proprietário do estabelecimento chamado Piscina Show. Ele foi conduzido à sede da especializada e autuado em flagrante pelo crime de furto de água.

O local foi examinado por perito criminal do Instituto de Criminalística Carlos Éboli (ICCE). Funcionários da CEDAE desfizeram a instalação irregular. A operação foi determinada pelo delegado titular Alesandro Petralanda Santos, em continuidade à ação deflagrada para combater as ligações clandestinas que acarretam perdas significativas na rede de distribuição da concessionária CEDAE.

Você pode gostar