Por paulo.lima

Rio - Uma inspeção feita pela Polícia Militar no dia 2 de fevereiro concluiu que, no total, sumiram 26 armas no depósito de material bélico do Centro de Suprimento de Material (CSM) da corporação, sendo 11 fuzis, três metralhadoras, três espingardas, três rifles, uma pistola e dois revólveres, bem como uma quantidade de munições que ainda não foi contabilizada.

PM investiga o desaparecimento de armas dentro do Batalhão de Choque

A PM informou, em nota, que vai instaurar um Inquérito Policial Militar (IPM) para apurar o desaparecimento do material. No dia 14 de janeiro deste ano, todas as unidades passaram por uma inspeção nas cargas de material bélico, incluindo munições letais e não letais, agentes químicos e materiais de controle de disturbios.

Em outubro do ano passado, um caso parecido aconteceu no Centro de Manutenção de Materiais (CMM), localizado no Batalhão de Choque. Após conferirem o armamento, os agentes constataram a falta de 23 pistolas ponto 40, além de 5 armas de policiais que estavam em serviço. A equipe que estava de serviço na época foi presa administrativamente.

Você pode gostar