Beltrame diz que ação da PM na morte de jovem na Penha foi 'desastrosa'

Secretário de Segurança afirma que policiais responsáveis pela morte de Diego da Costa Algarves podem ser punidos

Por O Dia

Rio - O secretário de Segurança do Estado, José Mariano Beltrame, classificou na manhã desta segunda-feira como uma "ação desastrosa" a abordagem dos policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Vila Cruzeiro, que culminou com a morte de um mototaxista. Durante a inauguração da creche Cruzada pela Infância do Leme, na Zona Sul, Beltrame criticou a forma como Diego da Costa Algarves, 22 anos, foi morto no último domingo.

"Qualquer academia de polícia diz que o policial só deve atirar quando estiver com a vida em risco ou a vida de terceiros. Foi uma ação desastrosa. Mas tudo isso será visto pelo inquérito policial. Se tiver que punir, vamos punir", afirmou.

O mototaxista Diego Algraves teria sido morto em abordagem de PMs na UPP Vila Cruzeiro. Ele será sepultado na tarde desta segunda-feiraReprodução

Por conta da morte de Diego, o clima é de tensão na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha. Com isso, seis escolas e um Espaço de Desenvolvimento Infantil (EDI) estão sem atendimento nesta manhã. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, 2.310 alunos estão sem aulas. Já as unidades da rede estadual, de acordo com a Secretaria de Estado de Educação, funcionam normalmente.

De acordo com a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), o policiamento está reforçado nesta manhã na comunidade. Diego da Costa foi morto com um tiro de fuzil nas costas. Segundo testemunhas, ele morreu após disparo feito por um policial da UPP local. O atirador e outros policiais faziam uma blitz, por volta das 7h, na Praça São Lucas, quando a vítima não teria obedecido ordem para parar a moto.

A CPP disse que um Inquérito Policial Militar foi aberto para apurar o caso. Já a Divisão de Homicídios (DH) da Capital informou que os PMs envolvidos na ação começaram a ser ouvidos, assim como outras pessoas que teriam presenciado o episódio. As armas foram encaminhadas para perícia para confronto balístico.

O sepultamento de Diego da Costa será na tarde desta segunda, às 15h, no Cemitério de Irajá, na Zona Norte. Mototaxistas que trabalhavam o jovem prometem fazer uma manifestação após o enterro.

Últimas de Rio De Janeiro