Por adriano.araujo
Pagodeiro incendiou a casa da ex-mulher e fez ameaças a ela no FacebookDivulgação

Rio - Policiais da 35ª DP (Campo Grande) prenderam, nesta segunda-feira, Leandro Venâncio dos Santos, de 32 anos, indiciado por incendiar a casa de sua ex-mulher após não aceitar a separação. Ele responde por tentativa de homicídio qualificado por crime de incêndio.

O crime aconteceu em agosto do ano passado, cerca de um mês após eles se separarem. Leandro, que é integrante do grupo de pagode Face Sedutora, não aceitou a separação e, segundo a vítima, sempre a agrediu.

Em depoimento à polícia, a mãe da vítima disse que vários familiares estavam sendo ameaçados pelo pagodeiro. Ela contou que, na última vez, o acusado a ameaçou com uma arma na barriga, exigindo que lhe informasse o novo endereço de sua filha.

Segundo a polícia, Leandro enviou, no dia 11 de agosto de 2014, uma mensagem através do Facebook da ex-mulher avisando: "Quero falar com você até o dia 15 senão vai ver o meu ódio". O registro de ameaça foi feito na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher da Zona Oeste (DEAM/Oeste). Ele já vinha descumprindo a decisão de medida protetiva.

Leandro possui seis anotações criminais, cinco delas registradas em 2014, contra a ex-mulher e seus familiares, pelos crimes de lesão corporal, ameaça, tentativa de homicídio por incêndio e tentativa de homicídio por disparo de arma de fogo.

Você pode gostar