Abatida, Luma acena para os jornalistas após operação da PF em sua casa

Agentes apreenderam nesta quinta-feira três carros de luxo da residência da ex-esposa de Eike Batista, na Zona Sul

Por O Dia

Rio - A ex-esposa do empresário Eike Batista, Luma de Oliveira, acenou para os jornalistas após os agentes da Polícia Federal deixarem sua casa, onde cumpriram mandados de busca e apreensão, na manhã desta quinta-feira. Demonstrando abatimento, a ex-modelo fez uma rápida aparição numa das janelas de sua residência, no Jardim Botânico. Os policiais tinham como objetivo apreender quatro carros de luxo. Porém, apenas um não foi encontrado no local.

GALERIA: Polícia Federal faz operação na casa da ex-modelo Luma de Oliveira

Os policiais chegaram cedo na residência da ex-modelo. Eles chegaram a ameaçar invadir a casa, antes de serem autorizados a entrar no local, de onde levaram um BMW X5 e dois Toyota Hilux. Eike Batista também esteve na casa. Na quarta-feira, os agentes apreenderem um iate, três jet-skis e um jetboat, pertencentes ao empresário, em Angra dos Reis, na Região Costa Verde.

A ex-modelo Luma de Oliveira foi até a janela e acenou para os jornalistas após a Polícia Federal apreender três carros de luxo em sua residência%2C no Jardim BotânicoSeverino Silva / Agência O Dia

No último dia 6, a Polícia Federal apreendeu sete carros de Eike, entre eles o Lamborghini Aventador LP700-4 de Eike, avaliado em R$ 2,8 milhões, e utilizado para decorar a sala do empresário, e um Porsche Cayenne. Os agentes também levaram R$ 90 mil em dinheiro, celulares, computadores, quadros e o piano.

No dia anterior, o juiz federal Flávio Roberto Souza determinou o bloqueio de R$ 1,5 bilhão ativos financeiros do empresário e outros R$ 1,5 bilhão em imóveis e móveis (como veículos), somando R$ 3 bilhões. Além disso, o juiz solicitou informações das contas bancárias de Eike.

LEIA MAIS: Incêndio atinge restaurante de Eike Batista na Lagoa

As operações foram realizadas em cumprimento à decisão da 3ª Vara Criminal da Justiça Federal do Rio determinando o bloqueio dos bens de Eike, que responde por ações fraudulentas no mercado financeiro.

Segundo a decisão, o bloqueio tinha como objetivo, em caso de condenação do empresário, garantir o pagamento de indenizações e multas a credores. Ainda segundo a Justiça, os filhos Thor e Olin, Luma e a atual esposa de Eike, Flávia Sampaio, foram beneficiados com doações do empresário.

Últimas de Rio De Janeiro