Amigos de controlador da CET-Rio atropelado fazem protesto em enterro

Agente foi atropelado na terça-feira à noite por ônibus quando registrava colisão envolvendo o mesmo veículo, no Centro

Por O Dia

Rio - Uma passeata feita por amigos de David Bezerra da Silva, de 33 anos, marcou o início da despedida ao controlador de tráfego da CET-Rio nesta quinta-feira. Ele foi atropelado terça-feira à noite por ônibus da linha 328 (Castelo - Bananal), quando registrava colisão envolvendo o veículo, no Centro.

Uniformizados, colegas de trabalho de David caminharam da Candelária até a 4ª DP (Central), pedindo justiça. Coletes, capacetes e bonés da CET-Rio foram usados para escrever o nome da vítima no asfalto.

“Agora nos resta sofrer com a ausência do David e esperar que a justiça seja feita. O motorista do ônibus jogou o coletivo contra ele por pura maldade”, desabafou o agente de trânsito Vitor Gonçalves, de 20 anos, um dos melhores amigos da vítima.

David foi sepultado à tarde no Cemitério de Inhaúma, onde mais de 200 pessoas acompanharam o cortejo. A viúva estava inconsolável. Agentes prometem fazer uma nova passeata no Centro. “É para chamar atenção da sociedade, pois o agente de trânsito não é respeitado por muitos motoristas”, lembrou Vitor.

Segundo o delegado Cláudio Vieira, o motorista que atropelou o agente será chamado novamente para depor. A polícia ainda investiga se a empresa Paranapuan ocultou provas do crime, já que, após o atropelamento, fez um reparo no ônibus.

A Rio Ônibus informou que a empresa fez um procedimento de rotina após o acidente e que foi feito um conserto no lado oposto ao que atingiu o agente de trânsito.

Últimas de Rio De Janeiro