Por adriano.araujo

Rio - Integrantes da comissão de Carnaval de Nova Iguaçu e familiares das vítimas da tragédia envolvendo um carro alegórico serão ouvidos pela 52ª DP (Nova Iguaçu) nesta quinta-feira, de acordo com a Prefeitura do município. A alegoria da Escola de Samba Palmeirinha, do bairro Corumbá, bateu em um poste e ao encostar em cabos de alta tensão matou três pessoas eletrocutadas, na madrugada desta terça-feira, na Via Light. Um menor de idade também ficou ferido.

LEIA TAMBÉM
Choque elétrico mata foliões em Nova Iguaçu e Carnaval é cancelado'Vamos apurar as falhas e fazer diferente no próximo Carnaval', diz secretário

Já antecipado pelo secretário municipal de Defesa Civil Luiz Antunes, integrante da comissão de Carnaval, o prefeito de Nova Iguaçu, Nelson Bornier, decidiu em definitivo cancelar o Carnaval da cidade. Dez escolas haviam se apresentado antes do G.R.E.S Palmeirinha e outras nova iriam se apresentar posteriormente. No domingo, o secretário já havia suspendido os desfiles devido à forte chuva que caiu na cidade.

Membros da Escola de Samba Palmeirinha foram eletrocutados quando empurravam o carro alegórico que simbolizava espiritualidade Fabio Gonçalves / Agência O Dia



Você pode gostar