PM faz operação para prender bandidos que mataram policial na Cidade de Deus

Dois homens já foram presos e dois menores apreendidos. Cabo morto em tiroteio será enterrado nesta quinta-feira

Por O Dia

Rio - Policiais militares do Batalhão de Choque (BPCHq) e do Batalhão de Ações com Cães (BAC) realizam na manhã desta quinta-feira uma operação na comunidade Cidade de Deus, Zona Oeste da cidade. O objetivo é prender bandidos que mataram o cabo Rogério Pereira da Silva, de 39 anos, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) localizada na comunidade. Dois homens já foram presos e dois menores apreendidos.

Policiais militares apreenderam uma pistola%2C drogas e dinheiro durante operação nesta quinta-feira na Cidade de DeusDivulgação

Com eles foram encontradas uma pistola calibre 45, um carregador e sete munições intactas, 333 sacolés de cocaína, 43 frascos de cheirinho da Loló, 15 trouxinhas de maconha e R$ 490,00 em espécie. A operação ainda está em andamento.

Policial será enterrado nesta quinta-feira

?O corpo do PM Rogério Pereira será enterrado às 16h desta quinta-feira, no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na Zona Oeste. O cabo foi morto durante uma troca de tiros com traficantes na comunidade na madrugada de quarta-feira. Um suspeito, identificado como Diogo Monteiro Gomes, também morreu e quatro ficaram feridos. A Divisão de Homicídios (DH) da Capital investiga a morte do policial. Já a do suspeito está a cargo da 32ªDP (Taquara).

O cabo Rogério chegou a ser socorrido e levado para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea, e em seguida transferido para o Hospital Central da Polícia Militar (HCPM), mas não resistiu aos ferimentos. O policial estava na corporação desde 2006. A ocorrência foi registrada na 32ª DP (Taquara). Na ação, três motocicletas e uma pistola foram apreendidas. Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora, o policiamento está reforçado na comunidade.

Últimas de Rio De Janeiro