Tiroteio no Morro Jorge Turco deixa mortos e atinge reservatório da Cedae

Bope fez operação na região, que vem sendo disputada por traficantes rivais. Cedae interrompeu fornecimento de água

Por O Dia

Rio - Cinco homens morreram durante confronto entre bandidos e policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope) nesta sexta-feira na Comunidade Jorge Turco, em Rocha Miranda, Zona Norte do Rio. Um reservatório da Cedae, com capacidade de armazenar 200 mil litros de água, foi atingido por 27 disparos e teve o fornecimento interrompido para economizar água.

Desde janeiro, diversos tiroteios têm sido registrados na região, após a ocupação no morro por traficantes da ADA, ligados ao traficante Playboy, no lugar do Comando Vermelho.

Reservatório da Cedae no alto do Morro Jorge Turco foi atingido por tiros durante operação do BopeCarlos Eduardo Cardoso / Parceiro / Agência O Dia

Segundo o Bope, os cinco mortos eram bandidos. Eles foram encaminhados Ao Hospital Estadual Carlos Chagas, onde chegaram mortos. Outros dois homens foram presos e um menor de 15 anos, apreendido.

Armas apreendidas

Na comunidade, os policiais apreenderam quatro pistolas, um fuzil e drogas. Um carro roubado também foi recuperado. As ocorrências e apreensões foram encaminhadas para a 29ª DP (Madureira).

Por causa do tiroteio, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer cancelou as aulas na Vila Olímpica Félix Mielli Venerando, na Rua Ururaí, em Honório Gurgel, próximo à comunidade Jorge Turco. A unidade atende mais de 4 mil pessoas divididas nas suas 29 atividades esportivas e de lazer.

Parte das armas apreendidas durante operação no Morro Jorge TurcoDivulgação

O tiroteio começou com a chegada de 30 policiais à localidade. O confronto provocou diversos transtornos para os moradores, como o corte no abastecimento de água.

Segundo a Cedae, após o fim da operação policial, uma equipe foi destacada para o local para realizar o reparo, que foi finalizado na noite desta sexta-feira. Ainda de acordo com a empresa, os moradores que dispõem de algum tipo de sistema de reserva não ficaram sem água. Apenas os que dependem diretamente da água das torneiras ficaram foram prejudicados.

Traficante teria fugido da região

Segundo a PM, Wellington do Nascimento Ribeiro, 26, o WL, teria fugido da comunidade na manhã de ontem, quando os policiais do Bope iniciaram a operação — traficante da ADA e que chama a atenção por andar armado, mas não ter o braço direito —, invadiu a comunidade em janeiro e tomou o controle que antes era do Comando Vermelho.

WL recebeu apoio de Celso Pinheiro Pimenta, o Playboy, para fazer a invasão. O bandido mais procurado do Rio forneceu armas e homens para ocupação .



Últimas de Rio De Janeiro