Traficante Peixe dá festão de aniversário

Chefe do TCP na Vila Aliança ofereceu droga e vodca aos convidados

Por O Dia

Rio - Para comemorar seus 32 anos, o traficante Rafael Alves, o Peixe, organizou um festão na Vila Aliança, em Senador Camará, quinta-feira. Líder do Terceiro Comando Puro (TCP) na região e um dos sucessores de Márcio José Sabino Pereira, o Matemático, morto em 2012, o bandido quis homenagear um antigo comparsa, identificado como Parrudo, que está morto e teve o apelido inscrito no bolo gigante, cuja foto foi conseguida pela Polícia Militar.

Bolo gigante para Peixe (foto menor) apagar as velinhasDivulgação

Moradores contaram que o evento começou cedo na comunidade. No cardápio foram ‘servidos’ drogas, cerveja, vodca e energético. Para animar a galera, um grupo de dançarinas foi contratado e todas rebolaram até o chão. Peixe, que tem como recompensa por sua prisão um valor de R$ 20 mil, usava o famoso cordão com o escudo do Flamengo, um dos seus apelidos.

No mesmo dia, o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) incursionou na comunidade. O comandante do 14º BPM (Bangu), coronel Friederik Bassani, responsável pela área, disse que o traficante vai ser capturado em questão de tempo. “Vamos continuar com o trabalhando sério que estamos fazendo e dentro de pouco tempo prenderemos este marginal”, afirmou o oficial, dizendo que mais de dez fuzis já foram apreendidos na Vila Aliança, além de drogas.

Ontem à tarde, policiais militares do 14º BPM realizaram uma ação na região e prenderam um suspeito com grande quantidade de drogas e um radiotransmissor. O caso foi registrado na 34ª DP (Bangu).

Últimas de Rio De Janeiro