Funcionários do MPF do Rio fazem manifestação pelas ruas do Centro

Categoria está há nove anos sem receber reajustes com base em perdas inflacionárias. O protesto chegou a interditar vias

Por paulo.lima

Rio - Funcionários do Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro fizeram uma passeata, na tarde desta segunda-feira, pelas ruas do Centro do Rio, reivindicando aumentos para a categoria. Segundo informações da Comissão de Mobilização do Ministério Público da União (MPU), os profissionais não têm as folhas reajustadas há nove anos. Os funcionários já estão em greve há três semanas, e também aderiram ao movimento municípios das regiões Norte, Sul, Serrana e dos Lagos. A Polícia Militar acompanhou o protesto, que seguiu pacífico até o o término, na Cinelândia.

Último aumento da categoria foi em dezembro de 2006Foto do leitor

Analista processual no MPF, Vitor Márcio Cuconato esteve na manifestação junto de colegas do MPF. "O último plano de cargos e salários aprovado para nossa categoria foi em dezembro de 2006. Desde então, mais três projetos de leis foram mandados mas não conseguimos aprovação", declarou Vitor. Segundo ele, em 2012, os servidores receberam apenas 5% de composição de inflação, e ainda dividido em três parcelas. "Sinceramente, não recompôs nada", completou o analista.

Reportagem de Paulo Lima

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia