Chefe da Polícia Civil anuncia a criação do Departamento de Homicídios

Projeto será coordenado pelo delegado Rivaldo Barbosa que ficará responsável pelas Divisões de Homicídios do Estado

Por O Dia

Rio - O chefe da Polícia Civil, Fernando Veloso, afirmou na manhã desta terça-feira, durante inauguração da primeira Companhia Integrada de Polícia de Proximidade (CIPP), no Grajaú, que será criada um Departamento de Homicídios. O projeto será coordenado pelo delegado Rivaldo Barbosa e coordenará as três Divisões de Homicídios do Estado.

O principal objetivo será agilizar os esclarecimentos dos grandes números de homicídios no Estado. "As ações serão coordenadas pelo delegado Rivaldo. Passamos os últimos dias reunidos planejando ações das DHs em várias comunidades", disse.

Aproximadamente 120 policiais militares vão trabalhar na primeira CIPP%2C inaugurada nesta terça-feira%2C na Praça Verdun%2C no GrajaúSeverino Silva / Agência O Dia

No último final de semana, quatro policiais foram assassinados. Veloso pediu maior empenho da Divisão de Homicídios para prender os criminosos. "Já pedi para que a DH se empenhe nas investigações para prender esses criminosos", afirma o chefe da Polícia Civil. Na segunda-feira, um adolescente de 17 anos foi apreendido em São João de Meriti, acusado de matar o policial civil Cid Jackson Silva, no último sábado, em Mesquita.

Sepultado na segunda-feira, o inspetor Thiago Thomé de Deus foi morto no último domingo, em Niterói, quando volta do Sambódromo. Segundo as investigações, a arma do policial falhou no momento em que ele tentava se defender dos bandidos. Fernando Veloso garantiu que haverá uma investigação para identificar o motivo da falha e que os agentes testarão as suas armas.

"Vamos investigar o porque da arma ter falhado. Os equipamentos são novos e já determinei que os policiais civis irão até a Cidade da Polícia e testarão suas armas para que possamos ver se alguma está com defeito".

O governador Luiz Fernando Pezão e outras autoridades participaram na manhã desta terça-feira da inauguração da CIPP no bairro do GrajaúSeverino Silva / Agência O Dia

'UPP do Asfalto' contará com 120 policiais militares

Além de Veloso, participaram da inauguração da CIPP, na Praça Verdun, no Grajaú, o governador Luiz Fernando Pezão, o secretário de Segurança, José Mariano Beltrame e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Alberto Pinheiro Neto. É a primeira unidade do projeto que contará com 120 PMs, que patrulharão as ruas em dupla. Está previsto que até o final de abril outras três companhias sejam inauguradas (Tijuca, Icarai e Santa Rosa).

"Vamos continuar a reforçar o policiamento nas comunidades aonde têm UPPs, repor os efetivos que saíram, mas principalmente vir para o asfalto. Nós vamos fazer aqui, vamos levar para Niterói, tem outros bairros que a gente quer avançar com essa Polícia de Proximidade", disse o governador.

A CIPP vai atender moradores do bairro, de Vila Isabel, Andaraí e Tijuca. O comandante será o capitão Gustavo Matheus Castanheira e os policiais militares vão distribuir cartões de visita a moradores e comerciantes.

Últimas de Rio De Janeiro