Mulher é vítima de bala perdida em Copacabana

Vítima suspeita que alguém possa ter reagido a alguma tentativa de assalto

Por O Dia

Rio - Uma mulher de 22 anos foi atingida por uma bala perdida na região do quadril, na noite desta terça-feira, na Rua Almirante Gonçalves, próximo a Avenida Nossa Senhora de Copacabana, na Zona Sul do Rio. Ela teve alta, mas o projétil está alojado no corpo da jovem. A suspeita é de que alguém tenha reagido a uma tentativa de assalto.

A vítima contou que passava pelo local, por volta das 22h30, quando escutou um barulho e ficou nervosa ao sentir uma forte pressão na região do quadril. Ela revelou que abaixou a calça e viu que tinha sido atingida por um tiro. Ela se recorda de ter visto um alvoroço, com pessoas correndo assustadas e comerciantes fechando as portas. A jovem não descarta uma tentativa de assalto.

"Acredito que pode ter sido, sim, um assalto. O barulho de tiro e do nada pessoas correndo. A farmácia estava fechando a última porta quando gritei e pedi socorro. Alguém pode ter passado atirando e infelizmente fui vítima da bala perdida", disse a mulher.

Ela foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Segundo a própria vítima, o projétil está alojado. Os médicos alegaram, segundo ela, que não haverá problemas, já que a bala não atingiu um órgão vital.

"Caso eu sinta dor ou incômodo, aí sim tem que voltar no médico para retirar", concluiu a jovem.

A investigação do caso está a cargo da 13ª DP (Copacabana). A polícia está checando a informação de que o disparo teria sido feito por um desconhecido contra um suspeito de roubo. Segundo o 19º BPM (Copacabana), nenhuma suposta vítima de assalto solicitou auxílio da PM.

Últimas de Rio De Janeiro